Avianca


A Avianca Brasil iniciou suas atividades como empresa de táxi-aéreo, denominada OceanAir. Atendia executivos e operários da indústria petrolífera de Macaé e Campos dos Goytacazes. Em 2002 recebeu autorização do DAC (atual ANAC) para operar linhas em colaboração com a Rio Sul, do antigo grupo VARIG, de quem herdou rotas e aeronaves. Passou a operar cidades rejeitadas pela antiga parceira, operando apenas voos regionais, porém ampliou rapidamente sua malha. Destacou-se no início por utilizar cores variadas e chamativas em seus aviões. Os Embraer Brasília foram pintados de azul claro, branco, vermelho, amarelo, rosa, laranja e cinza. Em 2003 reforçou sua frota com a chegada dos três Fokker 50, que foram pintados de vermelho, bege e rosa.

Em 2004 Germán Efromovich comprou a empresa colombiana Avianca, a mais antiga companhia das américas e segunda mais antiga do mundo e que estava em recuperação judicial, junto a Julio Mario Santo Domingo e seu grupo empresarial Bavaria, de onde surgiu a Synergy Aerospace, que posteriormente compraria a Vipsa do Equador, Aerogal do Equador, SAM da Colombia e se fundiria com a TACA em 2010.

Ao final do mesmo ano iniciou o projeto Super 100, com a aquisição de jatos Fokker 100 desativados pela American Airlines. A frota iniciou as operações em 2006, já no padrão de cores da Avianca, mas curiosamente foram denominados de MK-28, pois no Brasil a aeronave ficou com má reputação após diversos acidentes (um deles fatal) e alguns incidentes.

Em seguida iniciou um agressivo plano de expansão, trazendo dois Fokker 50 adicionais da frota da Avianca e dando início às rotas internacionais, operadas com dois modelos Boeing 767-300ER adquiridos da United Airlines e um Boeing 757-200 adquirido na França, este posteriormente equipado com winglets. O confuso ano de 2008 marcou também um code-share e aquisição das operações da BRA Transportes Aéreos, o que variou ainda mais a diversificada frota da empresa, que ia dos pequenos Brasília até Boeing-767. Assim com baixa rentabilidade e aumento nos custos operacionais, a OceanAir manteve apenas os Fokker, eliminando rotas regionais e internacionais.

Em 26 abril de 2010 o nome foi definitivamente trocado para Avianca Brasil, com a imediata padronização de cores. Em 7 de maio 2013 recebeu a segunda aeronave, um Airbus A319. Em sua história ainda houve o capítulo de uma sociedade formada pela OceanAir (49%) e de um Fundo de investimento (51%), que criou uma nova companhia aérea chamada Wayraperú, com pouca duração.
Fonte: Wikipedia.

    SEGURANÇA E CERTIFICAÇÃO

  • Site seguro com criptografia (SSL) homologado pela USERTrust Network
  • Agência responsável pelos serviços é filiada a Associação Internacional de Transportes Aéreos
  • Agência responsável pelos serviços é regularizada pelo Ministério do Turismo
  • Agência responsável pelos serviços é filiada na Associação Brasileira das Agências de Viagens
  • FORMAS DE PAGAMENTO

  • REDES SOCIAIS

    SEGURANÇA E CERTIFICAÇÃO

  • Site seguro com criptografia (SSL) homologado pela USERTrust Network
  • A agência responsável pelos serviços é cadastrada na CADASTUR
  • Agência responsável pelos serviços é regularizada pelo Ministério do Turismo
  • A Operadora Digital é a responsável pelas emissões dos bilhetes, passagens rodoviárias e hospedagens. Empresa registrada ABAV-MG